Notícias

Diretora-Presidente da Manaus Previdência compartilha experiência sobre implementação do Pró-Gestão

O regime previdenciário municipal, sob a administração do prefeito David Almeida, foi destaque durante o programa “RPPS na Veia”, transmitido ao vivo, na noite de segunda-feira (12), pelo YouTube da Revista RPPS do Brasil. A diretora-presidente da Manaus Previdência, Daniela Benayon, compartilhou a experiência e o percurso da instituição para conquistar o Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios (Pró-Gestão).

A Manaus Previdência alcançou o Nível III do Pró-Gestão, em 2019; e Nível IV, em 2020. Por isso, a instituição é considerada referência nacional, ao lado do Instituto de Previdência de Jundiaí (SP), como um dos únicos institutos da Previdência do país a obterem o Nível IV. A adesão ao programa Pró-Gestão aconteceu em 2018, até a autarquia alcançar a certificação em 2019.

“Temos o total apoio da gestão do prefeito David Almeida e do seu time de secretários para dar continuidade às ações necessárias a fim manter a certificação de nível máximo para o instituto”, ressaltou a diretora-presidente.

Daniela explicou que a motivação inicial da Manaus Previdência para aderir ao programa federal foi resgatar a imagem do instituto, tanto do ponto de vista do mercado, quanto de sua carteira de investimentos. Esse foi um compromisso assumido pelas gestões que passaram pela autarquia nos últimos oito anos.

O percurso começou em 2013, e graças à Lei Municipal de Reestruturação, que permitiu a mudança de fundo único para autarquia.

“A partir daí tivemos uma série de providências. Sempre com a colaboração de profissionais muito competentes que fazem parte da nossa equipe”, explicou Daniela.

Outro passo importante foi a realização do concurso em 2015, que permitiu o ingresso de servidores efetivos com qualificação técnica para o quadro da instituição.

“Em 2020, incentivado pelo auditor que disse que teríamos condições de alcançar o Nível IV, fomos em busca desse nível. Como nossa equipe gosta muito de desafios, não medimos esforços para implementá-lo. Quando eu assumi a direção, grande parte do trabalho já tinha sido feito. O Nível III foi mais difícil do que o Nível IV, uma vez que estávamos nos familiarizando com o processo”, contou a diretora-presidente. “Não interessa o nível que você vai buscar. O primeiro nível que você alcançar já é um ganho para a instituição”, completou ela.

O coordenador de Auditoria da SPREV, Luciano Silva, destacou que o programa é construído de tal forma que desde o pequeno ao grande instituto de previdência consiga se certificar, de acordo com cada nível de exigência.

Daniela ressaltou ainda como o maior desafio para o Pró-Gestão foi entender todo o processo e as exigências da certificação nacional, o que foi possível graças ao engajamento da equipe de servidores da Manaus Previdência, sob a assessoria técnica da servidora Márcia Assunção.

“A nossa equipe já tinha essa cultura da qualidade, então não foi difícil convencê-la que era um projeto com benefício. Tivemos o apoio da nossa equipe integralmente. O que foi mais difícil foi pegar o fio da meada. Por isso, é importante ter o passo a passo: ler o manual, requisitos, ver o que falta implementar, ter um quadro geral, a leitura jurídica do manual, o apoio do Poder Executivo e do Poder Legislativo. Tudo isso vimos com antecedência. Além disso, nós contratamos uma consultoria local, que fez um plano de ação completo, com o acompanhamento da nossa assessoria técnica”, disse.

O programa na web teve duração de 1h44 e está disponível no link https://www.youtube.com/watch?v=yLd7ouYxJTs .

 

Ascom – Manaus Previdência

Cinthia Guimarães

Tel: (92): 98174-8602

ascom.manausprevidencia@pmm.am.gov.br

http://manausprevidencia.manaus.am.gov.br/

facebook.com/ManausPrevidencia

instagram.com/manausprevidencia

Notícias relacionadas