Notícias

Manaus Previdência é destaque entre os RPPS do País

A previdência do município de Manaus destaca-se positivamente entre os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) do País pela sua gestão previdenciária, de onde saiu de uma situação difícil para um superávit patrimonial superior a R$ 5 milhões, uma conquista que teve início há cinco anos. A constatação integrou a aula do consultor atuarial Gustavo Carrozzino, dentro do 4º Curso de Formação da Carreira Previdenciária/Orientações Estratégicas de Governo nesta segunda-feira, 02/04.

Com quase 20 anos de consultoria atuarial, sendo 16 integrando a empresa Brasilis Consultoria, Carrozzino não titubeia em afirmar que a Manaus Previdência é o seu case de maior sucesso. “É uma instituição que me orgulho muito de ter conhecido a fundo, de ter participado e contribuído para esse momento que vive”, diz.

Carrozzino faz referência à situação da Manaus Previdência no início de 2013, quando a carteira de investimento dispunha de R$ 465,6 milhões, com 52% dos seus recursos investidos em 17 fundos de alto risco, o que representava o comprometimento de R$ 240 milhões, tornando possível o comprometimento do pagamento dos benefícios dos seus segurados, hoje superior a 6 mil, entre aposentados e pensionistas.

Ano a ano, a gestão previdenciária foi eliminando os problemas e, em 2017, fechou o ano com R$ 919,7 milhões, recuperando mais de R$ 120 milhões dos fundos de alto risco, fazendo com que o comprometimento nesses fundos caísse para 11,44% (em torno de R$ 105,2 milhões).

“A Prefeitura de Manaus teve muita coragem em adotar as medidas necessárias. Fez a segregação de massas e a refez, recentemente, mantendo o acompanhamento do cálculo e da gestão atuarial em períodos necessários”, diz Carrozzino. “É o cálculo atuarial que vai conduzir o plano de custeio, a forma como os recursos devem ser aplicados. É o norteador das políticas previdenciárias do município”, afirma.

Repassando as noções básicas sobre cálculo atuarial aos novos servidores da previdência municipal, o consultor enfatiza que a constante capacitação que a Manaus Previdência promove junto aos seus servidores é benéfica, pois está investindo em uma equipe permanente, oriunda de concurso público, garantindo a manutenção do conhecimento previdenciário na autarquia. Aos gestores da instituição e membros dos conselhos Fiscal (Cofis) e Municipal de Previdência (CMP), além de servidores, o consultor apresentará o relatório atuarial do órgão.

A aula de Carrozzino no curso de formação da Manaus Previdência também marca a despedida do consultor desse tipo de atividade, à medida que ainda nesta primeira quinzena de abril assume o cargo de auditor do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul. “Estou feliz por este novo desafio, e triste por ter que deixar para trás uma empresa que cuidei com tanto carinho e trabalho por mais de 15 anos”, disse. “Deus quis que meu compromisso derradeiro pela Brasilis fosse justamente com a Manaus Previdência. E estou muito agradecido por isso”.

O módulo “Introdução ao Cálculo Aturial” termina nesta terça-feira, 03/04, sendo sucedido no dia 4 pelo módulo “Legislação, Instituição e Funcionamento do RPPS”, sob o comando do administrador Pedro Moreira.


Texto: Marcia Claudia Senna

Fotos: Stephanie de Farias

Notícias relacionadas